Desabafo de um pai.

É com alguma tristeza que por vezes percebo que, aos olhos de muita gente, o pai que perdeu um filho tem a “obrigação” de ser mais forte, de apoiar a mãe porque ela também sofreu a mesma perda. De mostrar como se faz para superar a situação, de estar atento a tudo e todos para que ninguém se perca nesse sofrimento…

Mas parecem esquecer que o pai, além de ser pai, é também homem!

Às vezes somos fracos, choramos, sofremos, ficamos cansados e temos vontade de desistir de lutar se não temos ao nosso lado o ser que mais amamos…

Acreditem que o pai TAMBÉM precisa ser ouvido e ter apoio, ter um ombro para chorar, de alguém que nos ouça, porque não somos tão fortes como dizem que somos.

Temos muitos momentos de fraqueza… mas como eu mesmo já lhes disse, não passa de um desabafo, porque amanhã já teremos que (mostrar) ser forte outra vez…

Orlando, papai da anjinha Paulinha Alves

AUTHOR: Tatiana Maffini
No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.