– Mamãe, você é linda


Hoje vi uma menina com idade cronológica igual a da Helena, vinha caminhando sorridente, levada pela mão por uma mulher de olhar preenchido pelo carinho por ela.

Quando passou por mim ela olhou para a mãe e disse:

–  “Mamãe, você é linda!”
Pensei “Jamais escutarei essa frase”

Não porque não sou linda, para um filho a mãe é sempre a mais bela, não escutarei tais palavras ditas pela delicada voz de minha pequena porque dela escutarei somente o silencio, a voz inocente que foi calada pela ineficiência de um sistema.

No dia que a vida abandou minha filha, neste dia também senti parte de minha alma escorrer, cada vez que levantei os olhos para vê-la e confirmar que jamais veria novamente aqueles olhinhos abertos, me olhando.

Vou morrer sonhando em ver seus primeiros passinhos, suas primeiras palavras e não somente ver e rever fotos e vídeos de um tempo que jamais vai voltar.

PS: Texto escrito no dia da Fearg em Morungava.

AUTHOR: Tatiana Maffini
No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.