“SE”

– Se fosse eu iria gritar!

– Se fosse eu iria bater nos médicos!

– Se fosse eu não iria aguentar!

– Se fosse eu estaria chorando!

Frases ditas hoje e sempre por pessoas que tentaram se colocar em meu lugar.

Fácil é me chamar de “covarde” “insensível” e tantas outras coisas, mas graças a Deus – agradeça a Ele – que em cada frase dita hoje existia o “SE fosse eu”.

E este “SE” faz toda diferença!

Tente pensar logicamente quando está com uma dor tão forte a ponto de te tirar da realidade e ainda assim duvido que compreenderás o que uma mãe, morta pela dor  de perder um filho, passa todos os dias ao acordar e reviver mil vezes o que aconteceu pensando no que  poderia ter feito diferente para salvar a vida de seu filho.

AUTHOR: Tatiana Maffini
No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.